Os símbolos religiosos cristãos são geralmente considerados como símbolos universais. Mas, definitivamente, esses não são os únicos grandes ícones da sociedade contemporânea. Heróis, logomarcas, personagens infantis, figuras pop e até papai noel, são alguns deles. Símbolos de consumo e “devoção”, que, por seu caráter intrinsecamente humano, são também chamados de mundanos.

detournement-super1

As esculturas começam com estátuas danificadas encontradas pela escultora francesa Soasig Chamaillard em feiras de antiguidade nas quais promove uma reforma geral, unindo-a com símbolos da cultura pop. A partir da fusão de ícones tão contraditórios quanto estes a artista diz representar, de forma lúdica, como ela vê o papel da mulher em nossa sociedade. Sacrilégio para uns, arte pop ou objetos kitsch para outros.

A fé deveria ser suficientemente forte e não se sentir abalada por simples objetos. Eu não uso Santa Maria como o meu assunto para chocar um público católico. Eu gosto de brincar com ícones, como uma criança com seus brinquedos, para tentar compreender o mundo que me rodeia” Soasig Chammaillard

hello01 SONY DSC barbie-01

Na minha opinião, as mais incríveis são: Force Rose (Power Rangers) Super Marie, Saint Barbie e Sainta Claus (detalhe para a garrafa de Coca-Cola em suas mãos).

detournement-claus1 nouvelle-lune-3 rain01